tua rosa vermelha

serei rosa vermelha
e encantarei teu olhar, formosa;
agitarei tua paz
e escutarei teu mistério, atenciosa;
amaciarei tua pele
e enfeitarei teu bailar, charmosa;
envolverei teu pensar
e encontrarei teu desejo, dengosa;
oscularei teu pudor
e sugarei teu deleite, fogosa...

serei rosa! sempre rosa!
serei tua! sempre tua!
aliciarei teu amor
ao meu espinho pecado
e em doce iniqüidade
serei vermelha em paixão!


Sílvia Mota.
Cabo Frio, 20 de dezembro de 2008 – 00:19hs.

Um comentário:

Sílvia Mota disse...

Cid disse:
Tenho rosas vermelhas plantadas na porta de meu escritório/atelier - São lindas, mas não arranco nenhuma do pé, lá elas nascem, perfumam, embelezam e lá mesmo encerram seus ciclos de vida. Tenho mudas e já consegui até sementes delas.
VOCÊ PODE NÃO ACREDITAR, MAS EXISTE UMA INTERLIGAÇÃO ENTRE ELAS E VOCÊ. É OLHAR E LEMBRAR DE VOCÊ... SOU ROMÂNTICO E SONHADOR...
Beijos que ainda não dei
Cid
__________________________________
Mensagem enviada em 19 de dezembro de 2008.